URGENTE - Curitiba suspende vacinação contra a covid-19 por falta de doses

02/19/2021

12:22:20 PM

Curitiba e RMC

Aplicação da 2ª dose continua em profissionais de saúde, idosos em lares de longa permanência e indígenas, segundo a prefeitura.

INFORMAÇÕES PORTAL G1

Foto: Diorgenes Pandini/NSC

A prefeitura de Curitiba interrompeu, no final da manhã desta sexta-feira (19), a aplicação da primeira dose da vacina da Covid-19 por falta de doses.

Nesta semana, idosos com 85 anos ou mais estavam sendo vacinados. Segundo a administração municipal, a campanha será retomada assim que novas remessas com vacinas sejam enviadas pelo Ministério da Saúde para a cidade.

Os idosos que estavam nas filas nos 14 pontos de vacinação da cidade e não receberam a vacina tiveram que deixar os locais sem serem imunizados.

Na segunda-feira (15), a prefeitura tinha alertado que poderia suspender a vacinação caso não recebesse mais doses, mas informou que a imunização de idosos com mais de 85 anos estava garantida.

"Aguardamos o Ministério da Saúde e o governo federal enviar novos lotes para retomar a vacinação deste público", afirmou a superintendente executiva de Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Beatriz Battistella Nadas.

De acordo com a prefeitura, Curitiba recebeu até agora 88.410 doses de vacina, sendo 65.250 doses de vacinas para a primeira aplicação (CoronaVac e AstraZeneca) e 23.160 vacinas para segunda dose (da CoronaVac).

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que 4,7 milhões de doses das vacinas começarão a ser distribuídas na próxima semana, e que todos os imunizantes serão destinados apenas para a primeira dose.

“Temos condições e estamos preparados para vacinar mais de 15 mil pessoas por dia se houver doses. Só precisamos que as vacinas cheguem”, afirmou, em nota, a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

De acordo com a prefeitura, 65 mil pessoas receberam a vacina contra Covid-19 em Curitiba, o que representa cerca de 3% da população da cidade.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DE CURITIBA

Atenção!

Por falta de envio de novos lotes de vacinas por parte do Ministério da Saúde, Curitiba interrompe, a partir do meio-dia desta sexta-feira (19/2), o cronograma da primeira dose da vacina contra a covid-19.

A Secretaria Municipal da Saúde segue com o calendário de aplicação da segunda dose.

A partir das 12 horas, os 11 pontos fixos de vacinação e três drive-thrus não poderão mais atender as pessoas que buscarem a imunização. Pela programação, nesta sexta-feira, a vacinação é de pessoas com 85 anos ou mais. O cronograma será retomado assim que mais vacinas sejam enviadas à cidade.

Ao longo desta semana foram vacinados idosos e idosas de 85 a 89 anos. O número de pessoas vacinadas até quinta-feira na capital é de 63.474 pessoas.

Apenas o Pavilhão da Cura, no Barigui, seguirá atendendo com a aplicação da segunda dose nos profissionais de saúde que já foram imunizados há mais de 21 dias com a vacina da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. 

Compartilhe